quinta-feira, 20 de outubro de 2011

SE A TRISTEZA VIER

 Se a tristeza vier por qualquer motivo, faça o seguinte:
Assopre o pensamento triste,
Deixe escorrer a última lágrima,
Conte até vinte.
Abra então a janela,
Aquela que dá para o vôo dos pardais,
Procure a luz que pisca lá na frente
(evite as sombras que ficaram lá pra trás).
Ao encontrá-la coloque adentro do peito de tal jeito,
Que possa ser notada do lado de fora;
Acrescente agora uma pitada de poesia,
Do tipo que passa por nós todos os dias
E nem sequer consegue ser notada;
Aumente o brilho,
Com toda intensidade de que um sorriso é capaz.
A felicidade é o seu limite,
E o paraíso é você mesmo quem faz
Não se esqueça disso jamais e viva feliz!

(José Robson Gabriel da Cunha)

Tenha um dia maravilhoso!!!

12 comentários:

  1. E depois de tudo isso, olhe para além do horizonte.
    Verás então que a tua alegria pode ser tão imensa, e que de tão infinita, jamais poderá ser demarcada...
    Nossa! Viajei...
    Beijo Dú.
    Fui!

    ResponderExcluir
  2. Realmente um excentele texto, muito bom amigo, obrigado pela partilha.
    Abraços forte.
    Boa tarde !

    ResponderExcluir
  3. que lindas palavras
    mexe muito com a gente
    gostei muito do texto
    prbns.

    ResponderExcluir
  4. Querido amigo, a minha pitada de poesia de hoje foi esse texto maravilhoso! Me trouxe a mais profunda sensação de paz e serenidade!
    Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  5. Olá amigo Luís Eduardo Pirollo.Tristeza nunca é bem vinda.Se apontar dou asas a imaginação e peço que vá embora para outro lugar, meu coração não tem morada para a tristeza.Belíssimo texto.Abraços e beijos ternos. Kaoma

    ResponderExcluir
  6. Muito bom Edu, deixemos as tristezas e mágos no passado, para construirmos um presente e futuro feliz, sem rancores e com muita alegria e felicidade, como você diz "abrir a janela para a luz entrar e esquecer das sombras que estão atrás",não exatamente nessas palavras, mas foi a mensagem que me chegou ao coração.
    Meus sinceros parabéns pelo texto, como todos os outros sempre levantando o astral de quem os lê!
    Felicidades e um forte abraço meu grande amigo!!!

    ResponderExcluir
  7. E se depois disto tudo a tristeza insistir em vir que busquemos dentro do nosso interior o grande valor da vida e passamos a olhar tudo a nossa volta de forma vitoriosa crendo que todos os dias Deus nos concede oportunidades únicas de ser feliz....

    Muito linda esta poesia,obrigada por compartilhar esta preciosidade;;;

    Abraços meu amigo e tenha um linda noite.

    ResponderExcluir
  8. Maravilha de "receita". A arte da vida é saber conduzir todos os momentos, principalmente aqueles em que nos encontramos tristes. Abração amigo.

    ResponderExcluir
  9. "As lágrimas não são aquelas que saem dos olhos e rolam pelo rosto mas são aquelas que saem do coração e descem a alma."

    ResponderExcluir
  10. Isso mesmo Luis! A felicidade é o seu limite e e o paraíso é você mesmo quem faz! Que belo poema! Tenha um ótimo final de semana!
    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Lindo poema, Dú!

    É isso aí: tristezas todos nós temos. Precisamos aprender a ser feliz apesar delas.

    Super beijo!

    ResponderExcluir